domingo, 20 de janeiro de 2013

UMA VIAGEM 3D À NEBULOSA DE ORION

Quem conhece bem os meus gostos "astronómicos" sabe que sou um fã da Constelação de Orion.
É bela e imponente, exatamente como a verdadeira beleza deve ser.

Para quem não a sabe localizar, dou umas dicas:
- se estiver em Portugal, procure no Céu, às primeiras horas da noite e virado ao ponto cardeal este (ou nascente), a imagem que a seguir publico:


Com o Céu limpo, deverá ser muito fácil encontrar as 3 Estrelas que formam uma linha quase vertical na direção de Sirius, a Estrela mais brilhante do Hemisfério Norte. Essas 3 Estrelas estarão ladeadas por Rigel e Betelgeuse, duas enormes e belas Estrelas brilhantes.

A Grande Nebulosa de Órion está localizada nessa constelação neste sítio:


E ao telescópio vê-se mais ou menos assim:
Segunda foto publicada no post relativo à Observação de 16/10/2010.

E agora o verdadeiro motivo deste post. Veja a representação do que se passa dentro da Nebulosa de Orion. Graças ao Telescópio Espacial Hubble, a informação recolhida é suficiente para fazer este trabalho.
Soberbo...
Ligue o som.

video

3 comentários:

Eh Nenhuma! disse...

São imagens que nos tiram o fôlego.
Parabéns pelo trabalho.
Você teria alguma coisa sobre Capela, da constelação do Cocheiro?
Gostaria muito de ver algo sobre.

Carlos Capela disse...

Posso tentar fazer um post sobre isso, sim. :)

Carlos Capela disse...

Ah, é verdade... são imagens que nos tiram o fôlego, sim! :)
É tudo demasiado belo...