terça-feira, 23 de junho de 2009

VÉNUS AO AMANHECER

Na noite de Domingo para 2ª feira deitei-me às quinhentas.

Fiquei a estudar até tarde e eram 5h e pouco quando fui para a cama. Mas antes ainda me lembrei de tentar ver Vénus ao amanhecer. Por essa hora já devia estar bem visível a Este. Abri uns buraquinhos do estore do meu quarto e espreitei. Lá estava ele, imponente, a dominar as atenções. Parece-me mais brilhante ao amanhecer do que ao anoitecer, não sei porquê. Se calhar é das saudades de o ver...

Vénus, inconfundível, é o ponto luminoso em cima, ao centro da imagem

Pertinho de si estava uma Estrela vermelha. Pensei um pouco em qual seria... Ocorreu-me que fosse Aldebaran, mas não pude comprovar porque não vi a forma do Touro. Não sei se por haver alguma claridade já, ou se por causa das nuvenzitas estúpidas que salpicavam o Céu. Mas caramba, parecia mesmo!

Pensei ligar o computador (desligado minutos antes) para ir ao Stellarium comprovar a minha teoria, mas deixei para o dia seguinte. Enquanto não adormeci fiz contas de cabeça para saber se seria mesmo Aldebaran. Só me faltava a certeza, que obtive no dia seguinte.

Melhor que conhecer as Estrelas pela sua localização, é reconhecê-las pelo aspecto, só de olhar...

3 comentários:

anaferro disse...

O estudo em excesso a mim também me põe a ver estrelas hehehe Tu és mais fino, vês estrelas e planetas ;)

Aprecio esse teu gosto e o entusiasmo com que falas das observações, como já te disse! E quando toda a gente dorme, tens sempre companhia!

Espero que esteja a correr bem esse estudo, estou solidária contigo, companheiro de luta! Um dia conquistaremos o mundo, depois de ter perdido o juízo a marrar!

Um grande beijinho e continuação de bom estudo e boa sorte para os exames.

Supertramp disse...

Gostei do blog, apesar de ter só visto por alto :)
Mal tenha mais tempo passo por aqui para dar uma olhada mais atenta.
Usei a imagem deste post no meu blog, espero não te importares.
Estou a seguir.

Carlos Capela disse...

É claro que não me importo!
Fico contente por teres gostado, e que o blogue te tenha despertado a atenção.
Passa cá quando puderes, sim!